Simulação com o código RELAP5 do acidente de perda de refrigerante por pequena ruptura de 50 cm² na perna fria do circuito primário de Angra2

Eduardo Madeira Borges, Gaianê Sabundjian, Thadeu Neves Conti, Francisco Antonio Braz Filho, Lamartine Nogueira Frutuoso Guimarães

Resumo


O objetivo deste trabalho foi simular e avaliar o acidente básico de projeto de perda de refrigerante por pequena ruptura de 50 cm² na perna fria do circuito primário da usina nuclear Angra 2. Nesta simulação, verificou-se que as lógicas de atuação do Sistema de Proteção do Reator (SPR) e do Sistema de Resfriamento de Emergência do Núcleo (SREN) de Angra 2 utilizadas nesta simulação funcionaram corretamente, mantendo a integridade do núcleo com temperaturas aceitáveis durante todo o evento. Os resultados obtidos foram satisfatórios quando comparados com os apresentados pelo Relatório Final de Análise de Segurança de Angra 2 (FSAR/A2).


Palavras-chave


análise de segurança; reator nuclear; SPR; SREN.

Texto completo:

PDF


DOI (PDF): http://dx.doi.org/10.4322/2359-6643.07102

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Ciência, Tecnologia & Ambiente - Rev. CTA, ISSN 2359-6643, Araras, São Paulo, Brasil.

Para entrar em contato com a equipe editorial da Rev. CTA, encaminhe um e-mail para revistacta@ufscar.br